Notícias

Diego Costa, do Atlético-MG, é um dos alvos de operação da Polícia Federal sobre site de apostas

Atacante é apontado como suposto financiador do esquema; PF apreendeu R$ 13 milhões em março e, na atual fase da operação, se concentra na investigação sobre evasão de divisas

O atacante Diego Costa, de 32 anos, do Atlético-MG, é alvo da Polícia Federal de Sergipe, seu estado natal, na "Operação Distração", que apura "suposta prática de exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa envolvendo o site de apostas ESPORTENET, seus proprietários, operadores financeiros e financiador", de acordo com um comunicado enviado pela PF à imprensa

 

Segundo apurou o ge, o jogador hispano-brasileiro é apontado, nas investigações, como suposto financiador do esquema, que também envolve doleiros e operações de busca e apreensão em outros estados.

 

FONTE: GE

 

 

A sexta Vara Federal de Itabaiana, interior de Sergipe, expediu sete mandados de busca e apreensão: dois em Itabaiana-SE, um em Lagarto-SE (cidade de Diego Costa), dois em Simão Dias-SE, um em Salvador e um em São Paulo. Os dois últimos são contra doleiros suspeitos de envolvimento no esquema.

 

A nota da Polícia Federal diz que "na primeira fase da operação, deflagrada em 03/03/2021, foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos que permitiram o aprofundamento da investigação e a quantia de R$ 13.129.217,00 em espécie".

 

Além do valor apreendido no Brasil, a Polícia Federal ainda está contabilizando a quantia que foi enviada para fora do país, na prática ilegal que configura evasão de divisas.

 

 

Diego Costa foi apresentado como jogador do Galo no dia 19 de agosto. Estreou pelo clube 10 dias depois, no empate com o Bragantino, por 1 a 1, pelo Brasileirão - marcou o gol de empate (veja acima o gol na estreia). Depois, fez outros quatro jogos e marcou mais um gol. Contra o Palmeiras, no último dia 21, pela Libertadores, sofreu uma lesão muscular na coxa esquerda. Está entregue ao Departamento Médico do clube.

 

A íntegra da nota da Polícia Federal

 

"A Polícia Federal deflagra na manhã desta quarta-feira, dia 30/09/2021, a segunda fase da operação DISTRAÇÃO, com o objetivo de obter provas para investigação que apura suposta prática de exploração de jogos de azar, lavagem de dinheiro, evasão de divisas e organização criminosa envolvendo o site de apostas ESPORTENET, seus proprietários, operadores financeiros e financiador.

Na primeira fase da operação, deflagrada em 03/03/2021, foram apreendidos documentos e equipamentos eletrônicos que permitiram o aprofundamento da investigação e a quantia de R$ 13.129.217,00 em espécie. Com base nas provas coletadas, foi possível identificar outras plataformas de aposta utilizadas pelo grupo e empresas físicas e pessoas jurídicas utilizadas para lavagem de dinheiro e evasão de divisas.