Notícias

Brasil x Uruguai: veja onde assistir, escalações, desfalques e arbitragem do jogo desta quinta

Tudo o que você precisa saber sobre a partida da Seleção às 21h30 (de Brasília), na Arena da Amazônia, pela 11ª rodada das Eliminatórias. Globo, SporTV e ge transmitem ao vivo

É dia de clássico sul-americano pelas Eliminatórias! Brasil x Uruguai se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília), na Arena da Amazônia, em Manaus. O duelo é válido pela 12ª rodada da competição.

 

A Globo, o SporTV e o ge transmitem a partida ao vivo para todo o Brasil.

 

 

A Seleção perdeu os 100% de aproveitamento ao empatar na última rodada com a Colômbia, mas segue invicta e muito perto de garantir a classificação antecipada para a Copa do Mundo de 2022.

 

 

 

Em caso de vitória, a Seleção chegará a 31 pontos, número considerado suficiente pelo matemático Tristão Garcia para carimbar o passaporte para o Catar, sem a necessidade de repescagem. Desde que as Eliminatórias passaram a ser disputadas neste formato, a maior pontuação obtida por um quarto colocado foi 30 - o Paraguai, na classificatória para o Mundial de 2002.

 

Já o Uruguai está no quarto lugar, com 16 pontos, e tenta se reabilitar da dura derrota sofrida no domingo para a rival Argentina, por 3 a 0.

 

 

 

O duelo marca o reencontro da seleção brasileira com a torcida após mais de dois anos. Isso deveria ter acontecido contra a Argentina, mês passado, em São Paulo, mas o clássico acabou suspenso.

 

A Arena da Amazônia deve receber 14 mil pessoas nesta noite - 10 mil ingressos foram vendidos, mil foram destinados a convidados e 3 mil foram sorteados a pessoas vacinadas contra a Covid-19.

 

Para ter acesso ao estádio, os torcedores precisarão estar imunizados contra o coronavírus ou apresentar teste negativo do tipo RT/PCR realizado pelo menos 48 horas antes.

 

Trasmissão: o jogo terá transmissão da TV Globo, com narração de Galvão Bueno e comentários de Júnior e Caio Ribeiro. O SporTV também exibe a partida, com narração de Gustavo Villani e comentários de PVC e Pedrinho.

 

 

 

A principal novidade é a entrada de Raphinha entre os titulares. Na estreia com a amarelinha, o atacante foi o melhor em campo na virada sobre a Venezuela, com participação nos três gols. Na partida seguinte, ele novamente entrou bem no segundo tempo.

 

O atacante do Leeds entrará no lugar de Gabigol. Assim, Gabriel Jesus jogará mais centralizado.

 

As outras alterações estão na defesa. Ederson volta ao gol no lugar de Alisson; Éder Militão, machucado, dá lugar a Lucas Veríssimo. Ele formará dupla de zaga com Thiago Silva, que substituiu Marquinhos. Por fim, Émerson Royal ganha chance no lugar de Danilo, o único jogador do Brasil que disputou todos os jogos das Eliminatórias até agora.

 

Quem está fora: Éder Militão (lesão no músculo posterior da coxa direita), Casemiro (cortado por infecção no dente) e Matheus Cunha (cortado por lesão na coxa).

 

Pendurados: Marquinhos, Thiago Silva, Éder Militão, Gerson, Lucas Paquetá, Gabriel Jesus e Gabigol.

 

 

Uruguai - Técnico: Óscar Tabárez

Reserva no último domingo, o atacante Edinson Cavani deve voltar a ser titular contra o Brasil. Por diferentes motivos, ele disputou apenas quatro jogos das Eliminatórias para o Catar e também perdeu parte do início da temporada com o Manchester United por lesão e falta de condicionamento físico.

 

 

Essa não é a única mudança preparada por Óscar Tabárez para o clássico. Além do zagueiro Ronald Araujo, machucado, Matías Viña e Brian Rodríguez devem deixar a equipe para as entradas de Piquerez e De La Cruz. Assim, será desfeita a linha de cinco defensores.

 

O Uruguai não pode contar com um de seus destaques: De Arrascaeta, meia do Flamengo, que sofreu uma lesão muscular no duelo contra a Colômbia, semana passada.

 

Quem está fora: Giménez, Ronald Araújo e De Arrascaeta, todos machucados.

 

Pendurados: Nández, Coates, Godín, Vecino, Valverde.

 

FONTE: GE